Sendo as linguagens de programação back-end executadas pelo servidor, elas precisam ser hospedadas neste servidor, para que se mantenham disponíveis para serem servidas. Como no exemplo do caixa eletrônico, frequentemente o mecanismo back-end trabalha junto com uma base de dados para armazenar e consultar informações. Para trabalhar com essas bases de dados, utiliza-se uma linguagem de banco de dados, que também é uma linguagem back-end.

  • A biblioteca de soluções para desenvolvimento de aplicativos e DevOps também conta com várias soluções para seus desafios de desenvolvimento de aplicativos.
  • Afinal, segundo o DataReportal para abril de 2021, temos 67,1% da população mundial conectada em smartphones.
  • A principal diferença entre o Backend e o Frontend está nas funções que cada um desempenha.
  • O desenvolvedor Back-End é quem lida diretamente com as requisições do cliente.

Algumas tecnologias para web front-end e back-end[editar editar código-fonte]

O Backend, também conhecido como parte de trás ou lado do servidor, é responsável por toda a lógica e funcionalidade que acontece nos bastidores de um site ou aplicativo. É no Backend que os dados são armazenados, processados e recuperados, garantindo que as informações corretas sejam exibidas para os usuários. Ele é responsável por toda a infraestrutura necessária para que o site ou aplicativo funcione corretamente, como o banco de dados, servidores, autenticação e segurança. No Backend, as tecnologias mais comuns são linguagens de programação como Python, Ruby, Java ou PHP, além de frameworks e bibliotecas específicas para o desenvolvimento Backend. O Backend se concentra em fornecer uma infraestrutura sólida e segura para o site ou aplicativo, garantindo que as requisições dos usuários sejam processadas corretamente e que as respostas sejam enviadas de forma eficiente. O backend refere-se à tecnologia e interface que roda no fundo de um site ou aplicativo web para produzir uma interface completamente voltada para o servidor ou tornar o frontend possível.

Cursos

Por sinal, o front-end acaba sendo mais simples para empreendedores, sobretudo quando seus sites são construídos no WordPress (seja por conta própria ou via soluções como Stage) e contam com ferramentas como visual builder. Esse tipo de problema é resolvido pelo back-end e o aconselhável é que faça isso o mais rápido possível, pois um problema assim compromete curso de cientista de dados a experiência do usuário e todo o objetivo da empresa. O back-end também é visto por alguns empreendedores como “o trabalho do programador”, pois é a parte do site que o usuário não vê, mas que o mantém funcional. O front-end é a parte do site com a qual você pode ver e interagir diretamente para receber os recursos de back-end do sistema.

Segurança

  • Ou seja, se um desenvolvedor escreve um código em um servidor, este vai processar o código e mandar para o navegador.
  • O Backend é responsável por acessar o banco de dados para buscar as informações necessárias.
  • Ambas são linguagens de programação dinâmica, open source, e orientados a objetos.
  • Aquele que trabalha com o desenvolvimento da parte front-end de um sistema pode ser chamado de desenvolvedor ou programador front-end.

Se pensar que precisa conhecê-los a fundo para gerir o Marketing Digital aplicado no seu site, tampouco se preocupe. Ter um site é essencial para todo tipo de negócio e, como dono ou gestor, você deve conhecer o que compõe cada parte dele, e isso inclui saber a diferença entre front-end e back-end. O desenvolvimento do front-end e do back-end são bastante diferentes um do outro, mas, ainda assim, são dois aspectos do iceberg, uma parte você vê e outra não, mas ambas estão lá. De certa maneira, o back-end trabalha para o front-end e, com a junção das duas partes, o resultado é atingido e a entrega do produto ou serviço é concluída para o usuário final. Hoje ela é a linguagem mais utilizada e é suportada por todos os grandes navegadores do mercado sem que o usuário tenha que instalar nenhum plug-in para tal. O desenvolvedor deve garantir a responsividade, ou seja, que ele apareça corretamente em dispositivos de todos os tamanhos, nenhuma parte do site deve se comportar de maneira anormal, independentemente do tamanho da tela.

No front-end, cada usuário tem sua própria cópia de um aplicativo no navegador ou aplicativo móvel. Isso significa que não há problemas de simultaneidade com o desenvolvimento de front-end. O back-end usa vários protocolos e tecnologias de comunicação para concluir uma solicitação.

backend e frontend

  • O desenvolvimento web backend cria a base que permite que os sites processem as ações que os usuários fazem no front end.
  • Essas linguagens podem ser consideradas concorrentes e são usadas tanto por sites pequenos como sites gigantes como Facebook, Instagram, Youtube e Google.
  • A segurança no desenvolvimento de back-end é mais abrangente para proteger bancos de dados, serviços de back-end e o próprio aplicativo.
  • Não é de se admirar que as maiores redes sociais e mecanismos de busca como Facebook, Twitter e Google se apoiem fortemente no suporte de bancos de dados NoSQL.

A desvantagem desse tipo de desenvolvedor é a necessidade criar códigos que permitam a utilização da maioria dos usuários – independente do sistema operacional e navegador, por exemplo. Tudo isso somado a trabalhar bem em equipe – afinal, você irá trabalhar com um time de desenvolvedores, no mínimo, ser dedicado e nunca deixar de estudar as linguagens de programação é essencial para a https://www.promobe.com.br/ciencia-de-dados/ área de Back-end. Entender a relação entre o Backend e o Frontend é essencial para os iniciantes no desenvolvimento web. É importante compreender como essas duas partes se complementam e como trabalhar em conjunto para criar sistemas eficientes e atrativos. O Frontend, também conhecido como “lado do cliente”, é a parte de um sistema ou aplicação com a qual o usuário final interage.